indique share   share   share   share   share   share   share   share   share   share   share  

www.deolhonabolsa.com

O Gráfico Que Não Quer Se Calar...

Sebastião Buck Tocalino,
21 de novembro de 2013

O FED, banco central dos Estados Unidos, vem imprimindo dinheiro e comprando títulos de dívidas do tesouro dos EUA, bem como de hipotecas norte-americanas.

Com a intensa criação de dólares para adquirir esses títulos de dívidas e garantir liquidez à economia, o valor total dos "ativos" acumulados na carteira do FED vem crescendo de forma alarmante. Atualmente já beiram os 4 trilhões de dólares, sendo que em 2008 somavam cerca de US$ 900 bilhões.

Até que ponto o mercado de ações, o mercado de títulos públicos e privados, as taxas de juros, os fundos de pensões, os níveis de emprego, as finanças dos governos, a sustentabilidade do sistema financeiro, o comércio internacional, a saúde das empresas e a já aflitiva economia global seguirão reféns da continuidade dessa política - viciados em abundante impressão de dinheiro? E quão severa será a crise de abstinência mais adiante?

O gráfico que não quer se calar:

Total de ativos do Federal Reserve x Índice S&P500

.

 

Copyright © Sebastião Buck Tocalino - Todos os direitos reservados.

www.deolhonabolsa.com

português confira outros textos   -   check out further readings English

indique share   share   share   share   share   share   share   share   share   share   share  

A bolsa estimula a cidadania!

Compartilhe este texto por email ou pelo LinkedIn, Twitter, Facebook, Google+ e outras redes.

ATENÇÃO: Quaisquer opiniões expressas pelo autor são naturalmente subjetivas e sujeitas a polêmica.
Esta não é uma recomendação de investimento! Os dados visualizados aqui procedem de outras fontes, a princípio fidedignas, de boa reputação e acessíveis ao mercado.
De Olho Na Bolsa não faz indicações de compra ou venda, ou de negócios de qualquer espécie, e não está autorizada a atuar como consultoria de valores mobiliários. Não nos responsabilizamos por decisões tomadas com base nas informações aqui reunidas.
INVESTIMENTOS EM AÇÕES ENVOLVEM RISCOS! Para sua maior segurança, procure sua corretora. Ela poderá ajudá-lo a avaliar riscos e oportunidades em negócios com valores mobiliários.