ETFs são papéis negociados pelo hombroker como qualquer ação. Esses ETFs representam cotas de fundos de ações cujas carteiras se baseiam na composição teórica de índices do mercado. Um único ETF oferece uma grande diversificação de empresas. Essas empresas são determinadas pela própria preferência dos investidores, os quais definem as carteiras dos índices sempre que lhes dão maior destaque nos pregões. Como a carteira é reformulada periodicamente conforme a procura pelas ações, você não corre o risco de descobrir um dia que investiu em uma empresa que parou de ser negociada! Os ETFs também podem ser setoriais, dependendo do índice em que se baseiam. O primeiro ETF negociado na Bovespa foi o PIBB11. Depois surgiram vários outros. Você poderá segui-los no pregão da BM&FBovespa:

PIBB11 (índice Brasil 50: composição do IBrX-50)   -   DIVO11 (índice Dividendos: composição do IDIV)

FIND11 (índice Financeiro: composição do IFNC)   -   MATB11 (índice de Materiais Básicos: composição do IMAT)

ISUS11 (índice do Setor Imobiliário: composição do ISE)   -   GOVE11 (índice de Governança Corporativa: composição do IGCT)

BOVA11 (índice Ibovespa: composição do IBOVESPA)   -   BRAX11 (índice Brasil 100: composição do IBrX-100)

SMAL11 (índice das Small Cap: composição do SMLL)   -   MILA11 (índice das Mid-Large Capital: composição do MLCX)

MOBI11 (índice do Setor Imobiliário: composição do IMOB)   -   CSMO11 (índice do Setor de Consumo: composição do ICON)

ECOO11 (índice Carbono Eficiente: composição do ICO2)   -   UTIP11 (índice de utilidade pública: composição do UTIL)

IVVB11 - renda variável internacional para grandes investidores (desde 28/04/2014): tx. de admin.= 0,27% a.a.
(S&P500 FI em Cotas de Fundo de índice - Inv. no Exterior: composição do Índice S&P 500 em reais)

SPXI11 - renda variável internacional para grandes investidores (desde 01/02/2014): tx. de admin.= 0,27% a.a.
(S&P500 It Now S&P500® TRN - lâmina e composição do Índice S&P500® Net Total Return)

confira todos os ETFs iShares da BlackRock e os ETFs da it Now (Itaú)

 

Saiba mais sobre o PIBB11:

clique na seta à esquerda para
ouvir a opinião de Mauro Halfeld,
o comentarista financeiro da
CBN - A Rádio Que Toca Notícia!
gravado em 12 de fevereiro de 2010

PIBB11 - o Fundo campeão,
barato e transparente

PIBB11 = Papéis do Índice Brasil Bovespa
clique na seta acima para ouvir
   
 
 

Ao comprar papéis do PIBB11 através do seu corretor ou mesmo pessoalmente pelo seu homebroker, você está automaticamente diversificando seu investimento, pois está adquirindo quotas de um fundo que é composto pelas 50 ações de maior negociação dentre as empresas da BM&FBovespa. O PIBB (regulado pela Instrução 359 de 22 de janeiro de 2002 da Comissão de Valores Mobiliários - CVM) foi lançado em julho de 2004 como o primeiro fundo de investimento no Brasil a espelhar um índice de mercado.

Até fevereiro de 2010, os papéis do PIBB11 renderam cerca de 233% (em 5 anos e meio de existência), batendo no mesmo período os 195% do índice Ibovespa e os cerca de 100% que obteve o CDI.

A taxa de administração do PIBB11 é a menor taxa de administração do mundo: apenas 0,059% ao ano, ou um décimo da segunda menor taxa disponível para pequenos investidores. Já um fundo de ação em um banco normalmente cobra algo entre 2% e 4% de taxa de administração ao ano, ou seja, uma taxa de administração relativamente pequena cobrada por um banco é em torno de 34 vezes mais cara que a taxa do fundo PIBB11 (2% = 34 x 0,059%).

A carteira de ações presentes no PIBB11 é a mesma que constitui o Índice Brasil IBrX 50 (clique aqui para uma apresentação do IBrX 50, seus critérios, vigência da carteira e cálculo do índice - em documento pdf). Essa carteira é periodicamente reformulada para excluir os papéis que não mais se encontram entre os 50 mais líquidos e substituí-los por aqueles cuja liquidez comparativa aumentou. Ou seja, quando uma ação começa a ser "esquecida" ou menos negociada que outras, haverá uma reformulação da carteira, procurando sempre manter as 50 ações campeãs em negociação na bolsa de valores.